‘Com veemência’, PSOL de Embu condena ‘tentativa de homicídio’ contra Binho

‘Com veemência’, PSOL de Embu condena ‘tentativa de homicídio’ contra Binho

PEDRO HENRIQUE FEITOSA
Especial para o VERBO ONLINE, em Embu das Artes

O PSOL (Partido Socialismo e Liberdade) em Embu das Artes divulgou no sábado (6) uma nota em que “condena com veemência” a tentativa de assassinato contra o repórter-fotográfico e chargista Gabriel Binho, do VERBO, no dia 28 de dezembro, de madrugada, em Embu. Ele foi derrubado da moto na rodovia Régis Bittencourt no km 279, em Embu, por um carro i30 prata, cujo ocupante ainda deu a volta por via lateral à estrada e deu três tiros na direção de Binho.

Moto

Moto de Binho (detalhe) após derrubada no atentado; nota do PSOL em que condena ‘tentativa de homicídio’

Binho vinha fazendo entrevistas e charges para o VERBO sobre temas como a taxa de lixo em Embu. O PSOL local se solidarizou com Gabriel Barbosa da Silva, ao ressaltar que “Binho, como é mais conhecido, é colaborador dos veículos de comunicação Verbo Online e Mídia Ninja”. O partido realça a gravidade pelo fato de que “não haverá democracia sem imprensa livre e independente”. “O Brasil é um dos sete países do mundo que mais assassinam jornalistas”, diz.

O PSOL em Embu indica que o atentado tem relação com a atividade jornalística da vítima. “Isso se deve a uma tradição autoritária na cultura política no Brasil. Via de regra, os assassinos possuem relação com o poder econômico e político local. Pois a transparência dos fatos fere os interesses escusos. Portanto, todos os segmentos sociais democráticos devem se unir para manifestar profunda solidariedade a Gabriel Binho e exigir imediata apuração [do caso]”, salienta.

“Não podemos permitir que o medo e as ameaças impeçam o exercício de nossa liberdade de pensamento e de expressão, um dos pilares do Estado democrático de direito e da nossa jovem democracia, já tão fragilizada. Portanto, exigimos das autoridades competentes rapidez nas apurações e punições dos culpados”, finaliza a sigla. Em rede social, o presidente estadual do PSOL, Juninho, reputou como “muito grave e preocupante o que ocorreu com Gabriel Binho”.

LEIA NA ÍNTEGRA NOTA DO PSOL EM EMBU DAS ARTES SOBRE ATENTADO CONTRA GABRIEL BINHOBinho Nota PSOL 2

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Compartilhe pela fanpage do VERBO ONLINE