Taboão assina intenção de convênio para receber recursos de multas de trânsito

Taboão assina intenção de convênio para receber recursos de multas de trânsito

PEDRO HENRIQUE FEITOSA
Especial para o VERBO ONLINE, em Taboão da Serra

O prefeito Fernando Fernandes (PSDB) assinou no dia 12, no Palácio dos Bandeirantes (zona sul de SP), protocolo de intenção para Taboão da Serra aderir ao “Movimento de Segurança no Trânsito”. O programa criado pelo governo de São Paulo visa reduzir em 50% o número de mortes em acidentes de trânsito até 2020. A assinatura teve a presença do governador Geraldo Alckmin (PSDB) e do secretário de Transportes e Mobilidade Urbana de Taboão,  Gerson Brito.

Batida de carro em poste de sinalização na esquina da estr. Benedito Cesário de Oliveira e av. Laurita Ortega Mari

Acidente na estr. Benedito Cesário de Oliveira com a av. Laurita Ortega Mari, no CSU/Pq. Pinheiros, há 2 anos

Prefeito Fernando

Fernando (cinza s/ gravata), Alckmin e outros prefeitos na assinatura de protocolo por segurança no trânsito

A assinatura do protocolo de intenção é um dos passos para, em breve, Taboão celebrar o convênio de adesão ao programa que prevê a distribuição de recursos financeiros oriundos de multas ao Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran-SP). Além do repasse, no caso de Taboão, de R$ 1.229.000, o “Movimento de Segurança no Trânsito” prevê apoio técnico para a criação de projetos que promovam melhorias viárias e ações de conscientização.

“Estamos tratando aqui de salvar vidas, como forma de prevenção. Os acidentes representam a terceira maior causa de mortes no mundo. Resolvemos fazer esse programa e fomos buscar os recursos da arrecadação de multas. Aquele que comete uma infração financia a segurança no trânsito”, disse Alckmin. A deputada estadual Analice Fernandes (PSDB) disse que a ação contribuirá para um trânsito menos violento e que busca que toda a região faça parte do movimento.

Fernando louvou a iniciativa. “Assinamos o protocolo que possibilitará Taboão da Serra aderir ao ‘Movimento de Segurança no Trânsito’. Isto permitirá que o nosso município receba recursos e, assim, poderemos desenvolver projetos que garantam a segurança no trânsito e, consequentemente, diminua o número de mortes em acidentes”, disse. Taboão registra acidentes graves, enquanto a oposição acusa o prefeito de promover a “indústria da multa”.

O secretário de Transportes ressaltou que a adesão de Taboão ao movimento de segurança no trânsito possibilitará concretizar ações para prevenir acidentes no ir e vir. “Durante os estudos para a criação do Plano Municipal de Mobilidade Urbana pudemos mapear os pontos da cidade onde mais ocorrem acidentes, inclusive com vitimas fatais. Com base nesta documentação faremos projetos para os locais com alto índice de atropelamento”, afirmou Gerson.

> Com informações da prefeitura
> Compartilhe na fanpage do VERBO ONLINE