Família é localizada e mulher encontrada morta em Embu, grávida, é identificada

Família é localizada e mulher encontrada morta em Embu, grávida, é identificada

ALCEU LIMA
Especial para o VERBO ONLINE, em Embu das Artes

A mulher encontrada morta, seminua, em terreno baldio no Jardim Santo Antônio, em Embu das Artes, foi identificada no início da noite desta quarta-feira (15). A família foi localizada e fez o reconhecimento de Thabata Leite de Oliveira, que foi achada na segunda-feira e estava desde então no IML de Taboão da Serra para ser identificada. Se o corpo não tivesse sido reconhecido até esta sexta-feira, a vítima passaria por nova situação indigna, ser enterrada como indigente.

Thabata

Thabata Leite de Oliveira, morta e encontrada em terreno baldio no Jd. Santo Antônio em Embu, é identificada

De acordo com as investigações, Thabata, que morava em São Paulo, estava grávida, como se suspeitava pelo abdômen avolumado, e tinha desaparecido no domingo, quando teria saído para ir ao encontro do namorado. O rapaz teria relatado à família que deixou Thabata no ponto de ônibus do Extra Taboão, na divisa com a capital, mas a jovem não voltou mais para casa, até ser achada no terreno da estrada da Quinta do Morro  – cerca de 20 quilômetros distante.

Deixada em meio a muito lixo e entulho, de bruços, a jovem, de cerca de 30 anos, tinha sinais de estrangulamento e pode ter sofrido abuso sexual – a parte de baixo do corpo estava sem roupa. Aparentemente, foi morta em outro lugar e largada no local. “É um crime hediondo, vamos envidar os esforços na delegacia [central de Embu] para poder trazer uma solução para o caso”, disse ao VERBO o delegado Andreas Schiffmann, em busca do autor do assassinato.

> Compartilhe pela fanpage do VERBO ONLINE