Com 120 obras, exposição de arte contemporânea em Embu celebra diversidade

ANA PAULA TIMÓTEO
Especial para o VERBO ONLINE, em Embu das Artes

A Expo Contemporâneos 2017, mostra de arte de Embu das Artes, foi aberta ao público na noite de sexta-feira (10), no Centro Cultural Mestre Assis (centro), diante de cerca de 300 pessoas. A exposição instalada na sala Josefina Azteca reúne cerca de 120 obras de 48 artistas de Embu, Osasco, Guarulhos, Cotia, Itapecerica da Serra, Campinas, São Paulo, entre outras cidades, em áreas como pintura, fotografia, gravura, cerâmica, escultura, desenho, arte digital, instalações.

Curador da Expo Contemporâneos 2017, o artista plástico Paulo Dud, entre obras da mostra

Curador da Expo Contemporâneos 2017, o artista plástico Paulo Dud, entre obras da mostra no Mestre Assis

A Expo Contemporâneos 2017 é uma realização da Secretaria Municipal de Turismo, Cultura e Esportes de Embu, sob a curadoria de Paulo Dud, artista plástico, e coordenação de Joilson Guespires, escultor e pintor, e Renato Gonda, artista plástico e designer. De acordo com Dud, a exposição celebra a diversidade cultural e humana com o objetivo de promover a igualdade e inclusão. “São diversos artistas, de diversos segmentos, cores, orientações sexuais”, ressalta.

Dud exalta na concepção da exposição a importância da integração entre os artistas de diferentes localidades. “Nós procuramos ampliar para as pessoas de outros municípios para haver uma troca de experiências. Não podemos estar aqui fechados apenas em nós mesmos, é importante a convivência com artistas de outros municípios, porque hoje o mundo está globalizado e o artista que quiser ser conhecido precisa estar conectado com o mundo”, destaca o curador.

A artista plástica embuense Elaine Malca, 40, disse estar encantada com as obras. “A instalação está linda, eu me vejo aqui. Arte não tem explicação, é sentimento”, declarou. Muito elogiada pelos visitantes, na maioria artistas de Embu, a mostra chama a atenção pela organização e qualidade das obras. “Achei a exposição de muito bom nível e criatividade, corresponde totalmente ao significado de arte contemporânea”, disse Maria Maia, 72, artista plástica de arte naif.

As obras de arte expostas no Centro Cultural Mestre Assis são criações dos seguintes artistas: Acácio Pereira, Anderson Wilcke, Bukuritós Aruanda, Camila Nascimento, Clovis Gomes, Claudia Bergel, Carla Fatio, Divany Vanni, Denilson de Sousa, Eni Ilis, Felipe Senatore, Fau Nasser, Fidelcina Dé, Frank Vitor Dantas, Gabriel Borba, Hiromi Rodrigues, Jacqueline Paz (JacPaz), João Bosco, Jofe dos Santos, Jessé DC, Juliana Lima, Katia Di Clemente, Luan Ribeirowisk, Leia Rodrigues.

Os outros autores são: MacQuillin, Miguel Angel, Mario C. Ramos, Marcia Francisca, Miren Edurne, Maria Rosa Iodiodice, Marcos Kawall, Monica Alvarenga, Olavo  Campos, Paulo Dud, Ray Rodrigues, Roberval Rodan, Robson Miguez, Rodrigo  Ramos, Rafael Highraff, Sergio Matukawa, Saul Franklin, W. Mariano e Wanderley Ciuffi. A Expo Contemporâneos 2017 está aberta à visitação até o dia 26 de novembro, no Centro Cultural Mestre Assis, das 8h às 18h. A entrada é gratuita.

SERVIÇO
Expo Contemporâneos 2017
Período de visitação: até 26 de novembro, das 8h às 18h
Centro Cultural Mestre Assis (largo 21 de Abril, 29, centro de Embu das Artes)
Entrada gratuita

> Compartilhe pela fanpage do VERBO ONLINE