Aliança, de Taboão, dá goleada e se sagra campeão da 2ª Copa Casa Branca principal

ALCEU LIMA
Especial para o VERBO ONLINE, em Embu das Artes

O Aliança, de Taboão da Serra, se sagrou o grande campeão da 2ª Copa Casa Branca de Futsal Feminino – Série Ouro ao atropelar o Nossa Cara, de Embu das Artes, por 10 a 1, no domingo (5), na quadra do Jardim Casa Branca, em Embu. Apesar de jogar em casa e contar com apoio de entusiasmada torcida, o time do bairro Ísis Cristina não suportou o futebol envolvente do adversário e viu Letícia (três gols), Luana, Duda e Jéssica (dois cada) e Ane construírem a goleada.

Meninas do Aliança, técnico Roberto Silva (óculos), secretária Rosana Almeida (Esporte)

Meninas do Aliança, técnico Roberto Silva (óculos), secretária Rosana Almeida (Esporte) e troféu conquistado

Meninas e comissão técnica do Nossa Cara, que ficou com o vice-campeonato da série principal

Meninas e comissão técnica do Nossa Cara, que ficou com o vice-campeonato da série principal da competição

Jogadoras do Ajax, de Embu das Artes, com troféu 'fair play'

Jogadoras do Ajax, de Embu das Artes, com troféu ‘fair play’ ganho na 2ª Copa Casa Branca de Futsal Feminino

Avassalador, com jogadas ensaiadas e toque de bola que confundiu o adversário em mostra de grande entrosamento, o Aliança fez 7 a 0 ainda no primeiro tempo. Na segunda etapa, o Nossa Cara equilibrou mais a partida e marcou o gol de honra de pênalti, anotado pela pivô Carol. Mas o time de Taboão confirmou a superioridade e ainda balançou a rede adversária mais três vezes para selar o placar final, que chegou a surpreender quem esperava decisão mais disputada.

A ala Thauine, do Nossa Cara, atribuiu o marcador tão adverso ao fator emocional. “Foi por conta de as meninas serem muito estressadas, de nervosismo. E faltou o treinador pegar no pé, ele tem que parar de escutar as meninas. Não é uma crítica, é a verdade. O time é novo também, conseguimos chegar até aqui, estava sendo o melhor do campeonato”, disse, na véspera de fazer 19 anos. Os dois times foram finalistas da série principal por chegarem à decisão invictos.

O técnico Kaique de Almeida creditou o desempenho tão ruim a um “apagão” na equipe. “O placar foi algo que não esperava, até por conta de como foi a semifinal, a gente ganhou por 1 a 0 do Corujinha, que era um dos favoritos, sobressaindo tanto na defesa como no ataque. As meninas estavam preparadas, o time completou um ano este mês. O problema foi o psicológico, deu um apagão, nos cinco primeiros minutos a gente estava irreconhecível”, analisou.

A ala Letícia, que “guardou” três gols para o Aliança, destacou o entrosamento do time e a preparação das jogadoras para a grande decisão. “A gente conversou, falou em entrar confiante. Só acertou a marcação, o nosso problema era a marcação, e falou: ‘Vamos experimentar a goleira e meter bala [finalizar muito]’. A gente correu, foi merecido”, disse a camisa 9 do time do Jardim São Judas, em Taboão. Na competição, a jogadora de 20 anos fez cinco gols no total.

“Nós do Aliança, que já tem trabalho há mais de 15 anos, estamos orgulhosos com a vitória, respeitando um grande time que foi o nosso adversário. Ganhamos todos os jogos [os três da fase classificatória], respeitando as equipes. É trabalhar com humildade, e nada de barulho em quadra, tem que ser qualidade e não quantidade”, disse o técnico Roberto Silva. A torcida oponente fez grande agitação na arquibancada e chegou a acender sinalizadores no local.

‘FAIR PLAY’
Antes das finais (séries ouro e prata), a 2ª Copa Casa Branca de Futsal Feminino, organizada pelo árbitro Sérgio Zuruba, teve disputa de premiação ‘fair play’. Contra o Harmonia, as meninas do Ajax, de Embu, da goleira Karyna, ala Jacque, pivô Mireya, fixa Vanessa e companhia, levaram um dos troféus. O 100 Limite, também de Embu, ganhou o outro troféu, com ausência do adversário (WO). A equipe e o Tabuca Jrs., vice-campeão da série prata, fizeram jogo amistoso.

FICHA TÉCNICA
Aliança 10 x 1 Nossa Cara
Final da 2ª Copa Casa Branca de Futsal Feminino – Série Ouro
Gols – Letícia (3 gols), Luana (2), Duda (2), Jéssica (2), Ane (1) – Aliança / Carol – Nossa Cara

> Compartilhe pela fanpage do VERBO ONLINE