D. Paulo tem broncopneumonia e está na UTI; fiéis rezam pela saúde do cardeal

ADILSON OLIVEIRA
Especial para o VERBO ONLINE, em Taboão da Serra

Dom Paulo Evaristo Arns está acometido de broncopneumonia conforme novo boletim médico divulgado nesta terça-feira (13). Ele teve uma piora na função renal que faz com que seja mantido na UTI para cuidados intensivos. O religioso franciscano de 95 anos está internado no Hospital Santa Catarina (região central da capital) desde 28 de novembro para tratar problemas pulmonares decorrente da idade avançada. Nos últimos dias, o estado de saúde dele se agravou.

Dom Paulo Evaristo, 95, que está internado desde 28 de novembro em São Paulo e teve piora nos últimos dias

Dom Paulo é uma figura emblemática que denunciou a tortura e as arbitrariedades da ditadura militar que vigorou no Brasil por 21 anos, de 1964 a 85. Nos anos 1970, como cardeal arcebispo de São Paulo – maior líder católico no Estado e um dos principais do país -, enfrentou o regime ao criar, por exemplo, a Comissão Justiça e Paz, em que reuniu juristas para defender perseguidos políticos, parte do legado pelo qual é reconhecido e admirado dentro e fora da Igreja.

Em 1998, após já ter completado 75 anos, limite para deixar as funções eclesiásticas na Igreja Católica, dom Paulo se aposentou e depois passou a morar na região, em Taboão da Serra, na Casa das Irmãs Franciscanas da Ação Pastoral no Jardim Monte Alegre – até 1989, era o arcebispo também dos católicos nas cidades no eixo da rodovia Régis Bittencourt. “As irmãs e nós continuamos rezando pela saúde dele”, disse uma funcionária da residência das freiras.